O fortalecimento natural de Nuno Cobra Jr.

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , , , , , ,

O TREINADOR NUNO COBRA JR., UM DOS FILHOS do educador físico Nuno Cobra, famoso por ser o preceptor de Ayrton Senna, segue os preceitos desenvolvidos algo intuitivamente pelo pai.

A troca de guarda geracional flexibilizou e atualizou o “método”, como pai e filho chamam o corpo teórico e prático que desenvolveram.

O filho acredita no que chama de “fortalecimento natural”,  que gera definição e qualidade muscular, mas não volume. O contrário, portanto, da hipertrofia causada e advogada pela musculação convencional.

Em suas palavras, sua ideia é desenvolver a “musculatura profunda, propiciando força útil, resistência e definição muscular”.

Para isso, utiliza exercícios próprios da ginástica olímpica, do circo e de tudo o mais que possa gerar reações a uma certa instabilidade – a fita do slackline e os malabares, por exemplo.

Destarte, desenvolve em seus alunos a concentração e faz com que eles mobilizem todos – ou quase todos – grupos musculares do corpo.

Se posso sintetizar com muita ligeireza seu livro O músculo da alma (Ed. Voo), em que expõe o “método”, diria que Cobra Jr. parte da ideia de que a maioria das pessoas busca em saúde resultados rápidos e estéticos mas, com isso, obtém algo que não tem nada de saudável.

Feito o prolegômeno, o autor, qual um Descartes depois do cogito, se sente alavancado para explicar sua ideia de como alcançar, na atividade física, a saúde.

No capítulo “Corpo e máquina”, descreve uma dúzia e meia de vantagens de seu método de fortalecimento natural. Cito três.

– A alavanca do movimento é feita pelos braços, e não pela coluna, como no treinamento com peso, preservando-a assim de possíveis lesões. A coluna é nosso bem mais precioso.

– Os músculos trabalham em sinergia, de forma integrada, apoiando e preparando o corpo para o movimento, e diminuindo consideravelmente o risco de lesões.

NUNO COBRA JR. EXPLICA O MÉTODO 

NUNÃO, NUNINHO E ESTE VOSSO SERVO

FOCO, FORÇA E… FÉ?

AMYR KLINK E ESTE VOSSO RENITENTE SERVO, DE NOVO NA PODER

MARCOS PAULO REIS E A PODER

– Os treinos podem ser realizados em praças e parques, em contato direto com a natureza, sem o uso de equipamentos caros e extravagantes.

Com efeito, Nuno Cobra Jr. chama o parque Villa-Lobos, em Essepê, de “escritório”.

Nesta gravação, Nuno e um de seus alunos, o piloto de Fórmula 3 europeia Guilherme Samaia, contam um pouco como é a dinâmica do treinamento. Com direito até a um exercício icônico feito na barra fixa, a “oitava”.

O depoimento de Samaia evidencia seus ganhos em concentração – absolutamente crítico para um piloto –, consciência corporal e força.
Evoé.

 

 

 

/ 980 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.