13 novos aforismos JQC para O Seu Guia Espiritual da Corrida

Paulo Vieira

VOCÊ PEDIU, SOLICITOU, RALHOU, RILHOU DENTES. E nós, bovinos, caninos e mansos qual um personagem de uma música do Falcão, te atendemos.

Saiu mais uma edição dos aforismos incompletos da corrida. Junte estas 13 pérolas do saber endorfínico com as muitas outras que já saíram a lume para formar O Seu Guia Espiritual da Corrida, por Jornalistas que Correm.

Guenta.

**********************************************************************

CONSIDERAR A ATIVIDADE FÍSICA um sacrifício é condenar-se a nunca encontrar nela o que há de melhor.

Se é difícil acordar para correr ou malhar, algum problema em fazê-lo à tardinha? Ou à noite?

Um boi para não começar a correr. Uma boiada para não parar.

Um paradoxo: parado, dá trabalho pensar como vai ser a atividade física. Ativo, dá trabalho pensar em qualquer coisa.

Olha que legal: se meditar é não pensar em nada, corrida é meditação.

Câmera, dinheiro, música, às vezes até tênis. Você não precisa disso para ser feliz no cascalho.

Quis saber dos ultramaratonistas mais casca-grossas qual o segredo de sempre aguentar mais 10K, mais 20K, mais 30K. Me disseram: “Não pergunte por quem os sinos dobram.”

Fui aos especialistas, aos exegetas, ao oráculo para saber onde ficava o meridiano a separar saúde de obsessão. Me disseram: “Não pergunte por quem os sinos dobram.”

Fetichista. Não é preciso disputar uma maratona no Hemisfério Norte para ser. Mas ajuda um bocado.

Não tem parque, a poluição tá um horror, isso aqui tá que é só inversão térmica. Cole mais uma desculpa nesta linha – e deixe a escada rolante do metrô para os sedentários.

Para dormir no chão duro, procure o ponto, ensinou Don Juan. E você, que nunca leu A Erva do Diabo, já descobriu onde esse tal ponto fica.

Carlito Maia reviveu em Mario Sergio Silva: run definitivamente é fun.

Onde queres guerreiro, és só fetiche.

51 COISAS QUE A CORRIDA FAZ POR VOCÊ 

CORRIDA É PRAZER

A LIÇÃO DE DON JUAN

SOMOS CORREDORES NEURÓTICOS

ENDORFINA ENCONTRA BOLAÑO EM CUNHA 

JQC À BUZZFEED: 163 ITENS SOBRE A CORRIDA

SOBRE A FELICIDADE

MARATONA, O FETICHE

A CIDADE ESTÁ OBESA, POR PAULO SALDIVA

MARIO SERGIO SILVA SOLTA A VOZ

OS BORDÕES DE CARLITO MAIA

Tagged: , , , , , , , , ,

/ 728 Artigos

Paulo Vieira

Paulo Vieira corre pelas ruas de São Paulo desde os 15 anos e pelo mundo desde os 32, quando passou uma temporada em Londres. Adora correr em estradas rurais, descobrir novos caminhos e ir e voltar do Pico do Jaraguá. Mas agora anda frequentando também treinos no Parque Villa-Lobos às 7 da manhã com seu tênis minimalista - desde que a Lusa não jogue na véspera.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.