Mandrey quer fazer todo mundo emagrecer

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , , , , ,

Ele perdeu 40 quilos, sim, 40 quilos, e não parou por aí. Fundador da já célebre Dieta da Rede Social, a DRS, um programa de caminhadas rápidas diárias na companhia de amigos, desconhecidos ou, como diz, do “Menino Jesus” – mas  não do Gesu Bambino -, Mandrey, o jornalista pernambucano Marcus Andrey, quer mais.
Continua em plena vigência sua DRS, mas agora a palavra é fortalecimento. 
Trocou as caminhadas pelas pedaladas, useiro e vezeiro que é do sistema de compartilhamento de bicicletas laranja do Recife, e pela musculação. 
Da terra de Cícero Dias e do Padre Carapuceiro, ele manda notícias:
Novas companhias para a Dieta da Rede Social/Arquivo Pessoal
Novas companhias para a Dieta da Rede Social/Arquivo Pessoal
O PEDAL
“Como a ideia desse segundo ano de DRS era estendê-la a outras atividades físicas, troquei a caminhada pela pedalada noturna ao voltar do trabalho pra casa. Mas não deixei completamente de caminhar, pois preciso me deslocar 1.2K até a estação de bicicletas próxima do meu trabalho e 400 metros até a estação vizinha à minha casa.  E há também os bugs do BikePE, que me fazem voltar às origens – aí caminho até  encontrar uma estação operante.
GLI AMICI
“Adicionei musculação vespertina e ginástica matinal ao meu dia, mantendo uma característica fundamental da DRS: ter amigos por perto. Não há mais, é verdade, aquele fator “novidade”, quando eu fazia com que um voluntário desconhecido se deslumbrasse com a iniciativa.”
MUSCULAÇÃO, MAL NECESSÁRIO
“A musculação é um mal necessário para quem passa por uma grande redução de peso. Fiquei sim com uma sobra de pele nas laterais dos braços, peitos e barriga, mas me disciplinei (com o apoio do Espaço de Metas UNIC, a academia que me incentiva) para cumprir uma rotina rigorosa de seis treinos por semana, de segunda a sábado. O que me motiva a continuar na academia: os profissionais e os alunos, que se tornaram todos meus amigos.” 
TAXISTAS X CICLISTAS
“Pedalar em Recife é um risco com o qual tenho de  lidar. Fiz vários caminhos até escolher a rota menos arriscada, que passa por um pequeno trecho de ciclovia (cerca de 2K) e por 2,8K de duas avenidas bastante movimentadas. Graças a Deus, a prática diária do ciclismo me fez ficar muito ligado nos obstáculos, do motorista que abre a porta do carro bruscamente aos taxistas que fazem questão de passar perto demais da gente.”
FÓRMULA MÁGICA
“Sei de muita gente que mudou de hábitos inspirado no meu exemplo, embora sem copiar o modelo da Dieta da Rede Social. Com isso, não deu ainda para provar que a DRS funciona com qualquer pessoa.  É por isso que pretendo publicar um livro sobre ela. As pessoas procuram uma fórmula mágica para emagrecer, e eu a tenho.”

/ 828 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 6, com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

3 Comentários

  1. Helena Amaral

    Sou super fã desse cara determinado, disciplinado, vencedor..
    Todos os dias acompanho o blog… curto, comento e compartilho…
    Além do mais, Marcus Andrey é uma “figura”…

    Responder

  2. Roosevelt de Menezes

    Esse Cabra da DIETA DA REDE SOCIAL é demais.
    Admircação desde o 1 ° dia que o conheci e à sua história.

    Responder

  3. Marcus Andrey

    Paulo, obrigado pela força! O blog Jornalistas Que Correm está sempre saindo na frente e publicou sobre o segundo aniversário da Dieta da Rede Social antes de todo mundo! Helena Amaral, é por isso que você é a madrinha da DRS!

    Responder

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.