Corrida na montanha: o que usar

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , , , , ,

Pedi a nosso biólogo preferido, o Zé Manoel, para dizer aos milhões de leitores do JQC que equipamento usar nas corridas de montanha. Por falta de tração, já me dei mal com o querido Nike Free nas pirambeiras de Gonçalves, portanto, perdoem-me: tinha mesmo segundas intenções ao pensar neste post.

Mas o Zé, por estar meio no estaleiro, passou a bola para um colega de responsa, o  Luiz de Mendes, que mora em…. Mendes, no Rio. O cara tem o seguinte currículo, vou resumir: é vice-campeão do carioca de Corridas de Montanha de 2014 (30 a 34 anos), sexto brasileiro a completar os 70K da Patagonia Run deste ano e quarto lugar no 50K do XC Run Itaipava 2015 (30 a 34 anos).

Só isso.

(Fora que manda bem no texto. Ele fez um lindo, sobre como começou a correr, mas preferi  guardar para uma próxima oportunidade. Não perdem por esperar.)

****************

Quando troquei o asfalto pela montanha, vi que as exigências eram outras. Resistência, por exemplo, é mais importante que pace baixo;  já “meiões” são polainas e ajudam a poupar as panturrilhas; “bermudas coladinhas” têm compressão e aliviam o desgaste.

TÊNIS

Novatos, cuidado com os solados altos, que podem virar o pé. As travas (grip) são importantíssimas, não se preocupe com beleza. Hoje uso bastante o Salomon Speed Cross, que tem solado alto, mas adoro meu Asics Fuji Trainer 2, levíssimo e com boa aderência, assim como o Asics Fuji Atack.

POLAINAS

As polainas me deram um grande alívio nas câimbras e usei durante anos as da marca Flets. Até experimentar a R2 da Compressport. A primeira é excelente, mas na hora de colocar e tirar dá muito trabalho. Ao passo que a segunda não gera nenhum incômodo (a não ser no bolso).

MEIAS

As meias evitam muitos problemas depois de certo tempo na montanha. Há várias excelentes no mercado com preços galáticos, por isso prefiro as da Kalenji, com bom preço e compressão.

BERMUDAS

Prefiro as de compressão e, preferencialmente, com bolsos laterais. A Curtlo Race Compress e a Kailash Race Comp são excelentes e cabem no bolso.

Luiz de Mendes e os equipamentos que recomenda aos leitores do JQC
Luiz de Mendes e os equipamentos que recomenda aos leitores do JQC

 

MOCHILA DE HIDRATAÇÃO

Uma boa mochila de hidratação vai além de carregar água, ela deve dar conforto e ter funcionalidade. Prefira com apito de emergência, que  nunca esperamos usar, mas vai que… A minha é o Colete Mochila Skin, da Curtlo.

BASTÕES DE TREKKING

Com o aumento das distâncias, vêm as dores, e a necessidade de amenizá-las.  Por isso uso bastões de trekking. Os Black Diamond são levíssimos, mas na falta de grana escolha qualquer um. E na falta de qualquer um, não se envergonhe de pegar alguma madeira no caminho. Suas costas e pernas agradecerão.

SUPLEMENTAÇÃO

Não pense que a nutrição é algo a ser descuidado nas provas de trilhas e montanhas: muito desgaste exige muita reposição. E, se vale um conselho aqui, eu sempre levo comigo os suplementos da Linha 24hours da Herbalife.

VISEIRA E BONÉS

Não costumo usá-los, pois já me perdi o suficiente para dispensar tudo que atrapalhe a visão da sinalização.

Te vejo no cume/Foto: Arquivo pessoal
Te vejo no cume/Foto: Arquivo pessoal

Uma sugestão: conheça um pouco, ou um muito, sobre orientação, altimetria, sinalização de percurso e, principalmente, conservação ambiental. Perder-se no mato não é agradável.

(Nota do editor: meu heroi, nosso heroi, o homem que atravessou a Patagônia de bike, dá cursos de GPS e sobrevivência na selva no seu cantinho de paraíso, na Mantiqueira.)

 

Nos encontramos no cume. Fé em Deus e pé na trilha!!!

/ 819 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 6, com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

6 Comentários

  1. Aline Gomes

    Parabéns!!! Muito bom!!!

    Responder

  2. Claudio

    Matéria top! Recomendo também o uso de óculos transparentes, apenas para proteção dos olhos!

    Responder

  3. Thaís Matta

    Ótimas informações para nos corredores de montanhas!! Super válido é recomendável a todos que já correm e também para aqueles que pensam em iniciar essa modalidade!! Parabéns !!

    Responder

  4. Valdir Alves

    Boas dicas Luiz!!!

    Responder

  5. maria

    Excelentes as informações, para quem quer começar a correr nas montanhas, as necessidades, são outras. Parabéns pelo texto!

    Responder

  6. Marciano Barreto

    Mandando bem sempre!

    Nosso líder e exemplo!

    Show!

    Responder

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.