A mara de São Paulo: deboas e perrengues

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , , , , , , , , ,

CHEGOU! A MARA DE SÃO PAULO JÁ É NESTE DOMINGO, e o editor deste pasquim a corre pela terceira vez na vida.

Será a oitava mara do meu magro currículo, mas a primeira pessoa do singular se encerra aqui.

Quer primeiro a boa ou a má notícia?

A boa, já que você demora até para responder isso. Climatempo prevê 15 Celsius de mínima e 20 de máxima.

A má: a margem de erro para previsões feitas com uma semana de antecedência é de no mínimo 30%.

MINHA PRIMEIRA MARA DE SP: VIVACE

MINHA PRIMEIRA MARA DE SP: ANDANTE MODERATO 

MINHA SEGUNDA MARA DE SP: 14 GRAUS A MAIS, 14 MINUTOS MENOS

Pelo menos agora a largada da tigrada é um pouco mais cedo, às 6h40, 10 minutos depois dos cadeirantes, 5 minutos depois da zélite. Já não vai ser mais o cu da cobra lá pelas 10h30. Ou não, pois o outono paulistano já não é mais aquele.

Arraigado hábito da organizadora Yescom, a mara muda de itinerário novamente. Deve ser a vigésima-quarta vez em 25 anos de prova. É verdade que em 2019 a rota foi alterada a pedido da prefeitura, que talvez não botasse fé no próprio taco.

Mas ela, a prefeitura, conseguiu, deus sabe como, emendar o viaduto da marginal Pinheiros defronte ao parque Villa-Lobos a tempo.

De qualquer forma, a supressão do arborizado trecho Alto de Pinheiros proporcionou um giro pelo Centro que nunca esteve nos planos da Notcom, e isso é legal.

O itinerário acabou ficando parecido com o da Nova Mara de São Paulo, a da Iguana.

Conheça-o agora, guiado pelas mãos ásperas e esturricadas deste velho jornalista.

**********************************

0-2K Avenida Pacaembu. No estouro da boiada, uma via não muito auspiciosa, com suas estreitas três pistas de rolamento. Mas já foi pior, pois houve épocas em que era preciso fazer uma guinada de 180 graus pela lindeira Arnolfo de Azevedo antes mesmo da marca de 1K. Quando a Notcom não piora tudo, já tá bom.

2-4K Viadutos Pacaembu e Orlando Murgel. Primeiros perrengues, subidas suaves por dois viadutos que passam sobre o ramal de trem da CPTM das linhas Diamante e Rubi – bonito, né? Nada que faça desesperar a tigrada, ainda mais tão no começo da prova.

4-6K Campos Elíseos. Trecho de interesse turístico, caso houvesse em São Paulo algo parecido com o turismo de comunidade do Rio. Duas ruas estreitas a enfrentar, Eduardo Prado e Helvétia. Aproveite para ver onde é a loja da MST na Eduardo Prado.

6-10,5K Minhocão. Perrengue para quem se incomoda em correr distâncias razoáveis num mesmo ambiente. Aqui o Minhocão é tomado nos dois sentidos. O nariz sofrerá com o cheiro de manhã de Carnaval em Salvador na rampa de acesso. Contraponto: talvez haja alguns sonâmbulos nas janelas dos edifícios vizinhos prestando solidariedade à tigrada.

10,5-12K Centro Novo. Da descida do Minhocão na igreja da Consolação, toma-se Ipiranga com Copan, São Luiz, Biblioteca, Viaduto 9 de Julho, Câmara Municipal e rampa da Brigadeiro até a 23 de Maio. Iguana faz muito melhor com Municipal e Sé, mas é o que temos para o momento.

12-15K 23 de Maio. Perrengue de alta intensidade no primeiro trecho da 23, que é uma subida constante de talvez 1,5K. Não chega a ser a subida da Brigadeiro, mas cansa. No trecho de descida não vá com muita sede ao pote para não lastimar mais tarde.

15-18K. Deboas contornando o parque Ibirapuera, local que costuma ser o pórtico de largada e chegada de muitas corridas, inclusive esta mesmíssima mara da Notcom tempos atrás.

18K. Perrengue de moderada intensidade na subida do túnel Tribunal de Justiça. Releve os muitos “vai Curíntia” que você vai ouvir aqui.

18 – 21K. Trecho pela JK deboas, bacana, plano. Depois de contornar o parque do Povo Wasp, a marca da meia chega na ponte Cidade Jardim. Bom local para clicar uma capivara na margem do Pinheiros e plasmar o lindo momento, caso você seja desses.

24K. Depois de 2K lindeiros ao Jóquei Clube, mais um perrengue de média intensidade, a descida e subida do túnel Zerbini. Na saída, a visão do Rei das Batidas pode gerar alguma nostalgia para os paulistanos entrados em anos, como este que vos tecla.

26-33K. Usp em tudo. Entrada pelo portão da rua da finada Adidas Runbase, raia Olímpica toda vida, Almeida Prado até o Cavalo; a partir daí é tudo deja vu: volta pelo monumento sem pegar a subida em direção ao Bosque da Física eAlmeida Prado descendo e Raia Olímpica de novo. Mamão com mel. A parte chata é a chicana pela avenida da ECA.

33-36K. Muro batendo para calouros e experientes mais suscetíveis, agora o trecho de volta é por caminhos já trilhados que conectam a USP ao Joquéi Clube. Evite a laranja oferecida pela organização, caso esteja calor.

36-37K. Perrengue clássico, o quilômetro, pouco mais, por dentro do túnel Jânio Quadros que passa sob o Pinheiros. Não deve ser absolutamente o melhor lugar do mundo para encontrar oxigênio. Tenha em mente que uma hora aquele troço, como tudo, acaba.

39K. Último perrengue digno de nota, descida e subida pelo túnel Tribunal de Justiça. Se teu relógio marcar pace 7, acredite, não é o relógio que está com problema.

39-42,2K. Só tem um lugar no mundo em que esses últimos 3K da mara irão parecer mais longos – o Aterro do Flamengo, na mara do Rio. Tente lembrar das aulas da ioga e concentre-se na própria respiração. Olhar plaquinhas de quilometragem não ajuda. Não comemore na hora que passar pelo Empurra-Empurra – ainda falta uma carinha.

Foto da home: Dimmy Trindade/Flickr

 

 

 

 

/ 945 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.