Entrevista com Rosana Hermann, a jornalista – e física – que corre

JQC

Tag: , , , , , , ,

Imagem de divulgação de Rosana HermannRosana Hermann corre em várias posições: é pós graduada em física nuclear, radialista, jornalista, apresentadora de TV, escritora, blogueira, professora, mãe… e twitter lover. Sim, ela é seguida por mais de 420 mil pessoas na rede social dos 140 toques, sem falar nos leitores do seu blog Querido Leitor, na audiência do quadro “Rosana Indica” no R7 e nos telespectadores do “Vai que Cola“, sitcom de humor do Multishow em que é roteirista final. E ela, assim como você, corre na rua e conta um pouquinho sobre sua relação com a corrida:

Quando e como a corrida entrou na sua vida?
Há muitos anos, quando eu era jovem, magra e linda (e mentirosa! ahaha) eu corria todos os dias. Na rua. Corria até 22K, quando estava bem, na USP. Depois vieram os períodos de corre e para, corre e para, até que parei no … PARA. Aí o tempo passou e chegou a osteopenia e a recomendação médica de que eu deveria voltar a correr em vez de caminhar, porque para formar osso é preciso impacto. E eu voltei.

Você já participou de competições?
Nunca corri competindo. Sou péssima para competir porque detesto perder. Então corro contra eu mesma, contra o relógio, nunca contra pessoas.

Como você consegue arranjar tempo para correr?
Tempo é sempre escolha. Eu adapto meus compromissos às decisões pessoais, então sempre dá pra encontrar a janela na agenda!

A corrida te ajuda a encarar melhor a rotina multi-tarefas?
Correr ajuda a redimensionar as noções de tempo e espaço pra mim. Adoro isso.

Você costuma correr em suas viagens? Qual foi o cenário mais bonito que você já percorreu? E em qual lugar gostaria de correr para se inspirar?
Quando viajo sozinha, sim, com a familia, não. Melhor lugar do mundo para correr: Berlim, no Tiergarten. É um dos parques mais lindos que já vi, imenso. Nunca corri no Central Park, mas adoraria. Mas andei de bike lá, é muito lindo também.

Como “twitter lover”, você prefere correr sozinha ou na companhia de seus seguidores?
Não gosto de correr conversando, acho que sou mais do tipo corredora solitária!

O futuro do jornalismo cabe em 140 caracteres?
O jornalismo sempre vai existir, para todos. Não se vive sem notícias, ainda mais num mundo onde todos querem ser notícia.

/ 72 Posts

JQC

Um Comentários

  1. Mi Vargas

    Um tapa na cara de quem diz que não tem tempo… Adorei!

    Responder

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.