Nove segredos de longevidade do maratonista Orville Rogers, de 101 anos

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , , ,

MARATONISTAS QUE COSTUMAM disputar provas nos Estados Unidos já o viram em atuação. Aos 101 anos, Orville Rogers segue disputando corridas – não exclusivamente as maras.

Orville começou a correr aos 50 anos, um exemplo a confirmar o famoso dístico: “nunca é tarde para começar.”

Cartola e Clementina de Jesus que o digam.

Isso não quer dizer muito para ele, mas Orville foi considerado um dos “atletas de 2018” para a revista americana Outside. E com base no que disse à publicação (e também à CBS News), eis um nonólogo, as nove regras do Orville para correr para além dos 100 anos.

– Tomar um bom café da manhã, o que para ele significa “muitas frutas de cores diferentes”;

– Dormir sete ou oito horas todas as noites;

Orville, que corre maratonas aos 101 anos/foto Wiki

– Cochilar todas as tardes, “mesmo que eu não tenha vontade”;

– Comer um “filé magro” apenas uma vez por semana;

– Quiabo frito. Sem restrição;

– Não se fiar completamente no exercício. Orville entrou na faca duas vezes para implantar próteses cardíacas.

– Acreditar em Deus. “Está bem estabelecido que aquele crê vive mais”, diz.

– Não ligar muito para recordes (que ele, aliás vem quebrando na categoria sênior, como aconteceu nos 400 e 800 metros e na milha). “É bacana, claro, mas eu corro mesmo para me sentir bem depois da corrida.”

– Nunca desistir. “Keep going”, diz.

No vídeo abaixo produzido ano passado, matéria da CBS News com Orville e a ainda mais idosa Julia Hawkins, de 102 anos, mostram-nos quebrando os recordes dos 60 metros rasos. Julia cravou 24:79, Orville, 19:13.

/ 987 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Um Comentários

  1. Avatar
    AFONSO CAPPAI DE CASTRO

    Atingir essa performance com mais de 100 anos é a glória. Parabéns a esses mestres de vida.

    Responder

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.