(Prova de) Corrida é festa

Paulo Vieira

Tag: , , , , , ,

HÁ TANTAS PROVAS DE CORRIDA no calendário brasileiro e internacional que não é difícil montar agendas segundo interesses diversos.

Você pode, por exemplo, fazer parte do inner circle do fetichismo e só se dedicar a correr maratonas do circuito maior (major). E mesmo assim dando de barato de que Nova York é muito carne de vaca, mas Tóquio tem seu valor. Ainda.

MARATONA, O FETICHE

A CORRIDA DE INVERNO DA NEW BALANCE

CORRIDA PARA METROSSEXUAIS

PERFORMANCE E VAIDADE

CORRENDO NA Z.O.

CORRENDO NA PRAIA NUDISTA

NUDEZ, VINHO E CHOCOLATE

A CORRIDA TRANSPORTE DE MARCOS PINGUIM

PRESAPADAS NA SP CITY MARATHON

PARE DE DISPUTAR PROVAS DE CORRIDA

O TREINO DEPOIS DO PÉ-NA-JACA 

Ou optar pelas provas com marcas envolvidas e, sob essa benção, decidir que é hora, por exemplo, de “performar”. Casos da New Balance 15K e o que foi um dia o circuito de meias patrocinado pela Asics.

Tudo isso é fetiche em maior ou menor grau, por isso eu gosto dos eventos que deixam claro que prova de corrida é pura festa e dinheiro no bolso dos organizadores, nada mais do que isso.

Quer correr, vá correr sozinho – não faltam locais para isso inclusive nas megalópoles cinzentas como esta capital da selvageria bandeirante.

Mas se seu negócio é correr para festejar, que venham DJs (mas, por Deus, que atualizem esse velho playlist), drag queens, cafetões.

E que o organizador de corridas aproveite pra faturar brutalmente, com uma margem enorme de lucro e se possível ainda inscrevendo a prova no programa de renúncia fiscal da Lei de Incentivo ao Esporte.

A Color Run deste domingo, com largada no Obelisco no Ibirapuera, em São Paulo, é uma pedida.

Vibe de domingo 7 da matina
Vibe de domingo 7 da matina

Se eu fosse você alinhava para esses 5K viradão, sem dormir nada, pé-na-jaca mesmo.

Um pouquinho de endorfina logo cedo vai bem até para quem toma a saideira com o sol já alto no sujinho ao lado da balada.

Só não vá se atrasar muito. A largada é às 7h, e caso você chegue por lá depois das 8h vai perder o banho de espuma.

 

/ 984 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.