Os quenianos da pizza

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , ,

Eles não tomam whey.

Eles não têm alimentação regrada.

Eles não acordam cedo – pois trabalham até tarde.

Eles fazem um treino semanal de corrida na pior hora do dia, às 2 da tarde, calor dos infernos, pois é o horário que dá.

OS CORREDORES DA PIZZARIA

DOSSIÊ DA PROTEÍNA

NEIDE FEZ A DIFERENÇA NO CAPÃO REDONDO

A MARATONA DE SÃO PAULO, VIVACE

Eles passam horas e horas de pé no trabalho, seja andando pelo salão, seja produzindo centenas de pizzas na cozinha.

Eles correm onde dá, em pequenos parques ou no meio de corredores de ônibus e calçadas estreitas, o cenário comum dos bairros periféricos do Grajaú, na Zona Sul de São Paulo, e São Mateus, na Zona Leste.

Eles trabalham pesado aos fins de semana, e se há prova no domingo cedo, o sono vai para o vinagre.

Eles ganham cerca de 3 mil reais e não reclamam da vida.

E eles conseguem alguns tempos de corrida sobre-humanos. Na meia maratona, o cearense de Pedra Branca José Daniel de Souza cravou 1:31. E no 10K, é sub 40′: já fez 38 e algo.

Outro Zé, o Alves, piauiense da região da Serra da Capivara – cujo parque nacional é uma das atrações naturais mais bonitas do Brasil – fez os 10K em 42′.

Os dois vão debutar na maratona em abril, São Paulo.

Em provas de revezamento, a equipe dos funcionários da rede de pizzarias 1900 também exubera. Já ficou em sexto lugar no Maresias-Bertioga.

Com mais personagens e um pouquinho mais de nostalgia sociológica, essa história de superação está contada na VICE BRASIL.

E está neste link aqui.

 

 

 

 

 

 

/ 992 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.