Espírito de Natal

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , , ,

Que bimbalhem
Que bimbalhem

Se o espírito de Natal é o espírito de perdão, a quem você perdoaria neste bimbalhar dos sinos – que, ao menos em São Paulo, parecem estar menos estridentes?

1. Todos os envolvidos do Petrolão, mormente Duque e o companheiro Paulinho.

2. Os confadres do Trensalão Alstom-Siemens, Robson Marinho se apenas um caboclo precisar aqui ser nomeado, afastado abruptamente que foi de sua cadeira no Tribunal de Contas paulista.

3. João Santana e sua cliente.

4. A cliente supracitada, por aumentar as cotas do PMDB e do partido do bispo e por perpetrar essa maravilha de ministério, táqueospa.

5. Seu treinador, por não ser sensível a seus reclamos de que “esta noite eu precisava dormir”.

6. O perfeito alcaide solitário, por acabar com nossas vagas de estacionamento.

7. As capivaras, caso precisemos de bodes expiatórios de extração inferior para nossos próprios erros.

8. O premiê chinês.

9. E, indo para o outro prato da balança, gente que faz de verdade a diferença, para lembrar, ainda que involuntariamente, como podemos ser risíveis.

10. Vous-même, monsieur.

11. Os eméritos, infalíveis, tremendos e imponentes gestores estatais paulistas.

 

 

 

/ 988 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.