A mara do Rio, deboas e perrengues

A DIFERENÇA É QUE AGORA A MEIA É NO SÁBADO. E os maratonistas largam em horário razoavelmente decente, às 7 da manhã. Mesmo horário em que o metrô começa a funcionar no domingo. “A cidade…

Ultra Carlos Dias fala do Desafio 2 Extremos

CARLOS DIAS, O CARLÃO, homem que tem assento preferencial nos conselhos fiscal, administrativo, patrimonial e ideológico deste pasquim, está, como se sabe, em pleno desenrolar de seu Desafio 2 Extremos. Assim como já fez na…

O temerário quilômetro 36

SUÍTE É O TERMO TÉCNICO, o jargão usado pelo jornalismo para indicar uma matéria que segue por alguns dias no jornal. Em geral, trata-se da continuação de uma reportagem exclusiva, uma história que só aquele…

A despedida

MARATONISTA DESENCANADO RICARDO HENRIQUE é um dos que chegaram à conclusão que a saída para o Brasil é Cumbica – Galeão, no caso. Ele troca o Rio e seu chatô na Barra por um squat…

Especial Mara do Rio: dura lex, sed lex

PREMISSAS 1– Ninguém coloca uma arma na cabeça do caboclo e o obriga a correr uma maratona. 2 – Terminar uma maratona não é questão de sobrevivência. Nem física nem psíquica. 2 § 1 –…

Page 1 of 5

  • 1
  • 2
  • 5