Sara Velloso e as maratonas que lhe valeram como “MBA de inteligência emocional”

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , ,

A ADMINISTRADORA DE EMPRESAS MINEIRA SARA VELLOSO CORREU seis maratonas em sua vida. Não por acaso, as mais desejadas do mundo, as seis majors – Berlim, Nova York, Chicago, Boston, Tóquio e Londres. A sequência acima não é aleatória, é a que foi seguida pela corredora.

Sara concluiu cada uma dessas provas com tempos que variavam de cinco a seis horas, em média, de acordo com as lesões e outras dificuldades físicas que enfrentava.

Disciplinada, amante da planilha e cliente da assessoria esportiva Z-Track, do professor que vai para a galera Zeca Fernando,  de São Paulo, Sara diz que a maratona é “um MBA de planejamento estratégico”.

“E de inteligência emocional, se houvesse MBA de inteligência emocional.”

Na entrevista que concedeu ao JQC na semana passada, antes ainda das restrições mais severas de circulação nas cidades brasileiras, ela fala que correr maratonas a ajudou a se tornar alguém que agora “consegue se programar para assistir a uma peça de teatro daqui a três meses.”

“Eu não era esse tipo de pessoa.”

Ela publicou o livro Seis Corridas pelo selo Escritores, da EFeditores e da editora Literare Books International, em que detalha sua experiência nesses eventos.

A entrevista segue embebida abaixo. Evoé.

Foto da home: arquivo pessoal Sara Velloso

/ 966 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Um Comentários

  1. Leandro Figueiredo Magalhaes

    Parabéns Sara, um exemplo para todos nós. Sucesso!

    Responder

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.