A grande corrida de domingo

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , , ,

QUEM ANDA PELO INSTAGRAM DESTE pasquim deve ter percebido – do contrário não possui sensibilidade alguma – que os treinos #jqc @saberbeber vem se multiplicando. Se não de maneira viral,  numa velocidade, digamos, bacteriológica.

Ontem aconteceu mais um treino no Rio, um 5K cumpridor no Leme, o terceiro treino na Cité Maravillé em três meses; em 31 de agosto fizemos o primeiro de São Paulo, 6,5K marotos pelo Minhocão, e os de Salvador estão quase entrando no calendário religioso da cidade, de tão frequentes que são.

Jornalistas que correm – e bebem – em São Paulo, em 31 de agosto. Foto: Eduardo Albarello

Correm sempre conosco os jornalistas do Recife, Cuiabá, Aracaju, Maceió e com alguma regularidade os de João Pessoa, Uberlândia, Alagoinhas e Feira de Santana.

Novas praças se juntarão a essas, e logo menos.

Treino #jqc @saberbeber ontem no Leme, no Rio

A ideia desses treinos é proporcionar a uma categoria um dia conhecida por seu sedentarismo – a dos jornalistas – algumas horas de bem-estar, endorfina e boa vida.

E mostrar aos coleguinhas que adquirir um estilo de vida saudável não é tão difícil quanto parece.

O Figueiredo agradece.

A massa vermelha no Rio

A dinâmica sempre começa com um aquecimento, levado à cabo por educadores físicos, e é concluída com um café da manhã cinco-continentes.

Num momento em que a hostilização da imprensa é uma prática de governo, mais do que nunca é preciso estar atento e forte.

Os treinos #jqc têm o apoio da campanha de consumo responsável @saberbeber, criada pelo Grupo Petrópolis.

/ 945 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.