Especial mara SP City – Entrevistas suadas

Paulo Vieira

A COMPRA DE UM CELULAR RAZOAVELMENTE decente fez com que eu mudasse um pouco meus hábitos, inclusive na gravação das já tradicionais Entrevistas Suadas, marca deste pasquim.

Em geral, blogueiros e youtubers que correm (ou algo que o valha)  gravam a si próprios em momentos distintos das corridas. Talvez aproveitem o relaxamento do superego que o esforço proporciona. Não, a hipótese não é boa: eles já trazem o superego hipotrofiado de fábrica.

Eu, mais velha-guarda, gravo os corredores. Antes com uma câmera Sony de aventura, agora com este celular mesmo.

Este preâmbulo sensaborão tem a finalidade de dizer que ainda testo o melhor uso do dito cujo, e uma das “Suadas” que aqui vão embebidas padece de enquadramento horizontal. Trata-se de uma escusa, como diria aquele que não consegue se desculpar, para o trabalho chancho.

O Carlos Roberto, mineiro de Belo Horizonte de 70 anos que treina 80K toda semana em torno da lagoa da Pampulha, falou na saída da República do Líbano, no 16K – é o enquadrado na horizontal; a Fernanda, de Lorena (SP), perto do Villa-Lobos, no 27K. Ambos faziam a “full”, os 42K da mara SP City, anteontem.

ESPECIAL MARA SP CITY – AVALIANDO A CORRIDA

Evoé.

Eis Carlos Roberto, que na SP City completava a 44ª mara de sua carreira.

Fernanda Junqueira, paulista de Lorena, corria a segunda mara já com vistas à próxima, em menos de um mês, em Florianópolis.

Por fim, de lambuja, um pouco da atmosfera dentro do túnel sob o rio Pinheiros, o quilômetro interminável sob o rio Pinheiros.

Foto da home: Iguana Sports

/ 975 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Um Comentários

  1. Avatar
    Marco

    Texto gostoso de ler. Foge da mesmice que impera hoje nos N veículos.

    Responder

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.