Domingo tem a mara das Praias, no Recife, a 100ª maratona do Lula, da Acorja

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , ,

A CORRIDA SE TORNOU CENTRAL NA VIDA DE UM punhado de brasileiros, boa parte deles com tempo suficiente para seguir uma disciplinada rotina de treinos e ainda viajar para os mais diversos pontos do Brasil e do mundo para disputar provas.

Outros mais passaram quase que naturalmente a se dedicar à formação de grupos de corrida e à organização das próprias provas. Caso do Lula Holanda, da Acorja, maior grupo de corrida do Brasil, e que organiza anualmente no seu Recife a Mara das Praias, entre o parque da Jaqueira e o litoral sul da região metropolitana, para lá da Reserva do Paiva.

Lula (segundo da esq. para a dir.) vai para sua mara 100 domingo

Depois de correr diversos 42K em 2017, Lula fez questão de colocar o pé no freio ano passado para que pudesse celebrar na Mara das Praias de 2019, neste domingo, 10 de março, sua 100ª maratona.

O evento começa ainda de madrugada, que é para o povo não derreter quando estiver em Piedade, o sol nascendo no mar bem defronte aos corredores. A chegada é na praia do Xaréu, uns 7K depois da reserva do Paiva.

Participar de uma corrida dessa, montada pelo próprio corredor e por seu grupo próximo – também formado por corredores –, é uma delícia, pois equivale a comparecer a uma festa de aniversário de um bom amigo – e daquelas de anos redondos.

Só não é exatamente o caso aqui pois quando Lula completar 65 anos, em 20 de abril, ele pretende dar 65 voltas no parque da Jaqueira – o verdadeiro QG da Acorja – totalizando 65K.

De qualquer forma neste domingo grandes amigos corredores do anfitrião, como o mineiro Nilson Lima, alinham para os 42K. A motivação, claro, mais do que empilhar uma nova mara no currículo, é dar um abraço no Lula.

Não estarei lá por motivos de fidúcia maior, mas estive com o parça no cascalho recentemente, num sabadão desses em que às 8 da manhã já fazia 30 graus. Corri de Boa Viagem rumo Paiva, e encontrei o Lula já voltando para Candeias, nas alturas de Barra de Jangada.

Tenho certeza que domingo a festa vai ser bonita, pá.

 

/ 945 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 9 (4 em SP, 2 Uphill Rio do Rastro, Rio, UDI e uma na Nova Zelândia), com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Um Comentários

  1. Juliana

    Nao encontrei oque eu procurava sobre a corrida mara e ultra mara
    Pessimo site para trabalhos essa foi a minha opniao

    Responder

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.