Nilson Lima/Uber, minha sexta maratona

Paulo Vieira

Tag: , , , , , ,

DEPOIS DE AMANHÃ, DOMINGO, corro minha sexta maratona. “Waal”, já ouço vocês murmurarem com suas vozinhas esganiçadas. Será em Uberlândia, a mara Nilson Lima, 42K que homenageia o ilustre colecionador de maratonas que é nato da cidade-Uber.

(Aliás, será que tem Uber em Uberlândia?  “Waal” – já oiço de novo.)

Nilson, como talvez alguns saibam, fez um giro pelos USA nas últimas semanas em seu projeto de ticar 50 maratonas em 50 estados diferentes. Nesta passagem correu 14 maratonas em 14 estados diferentes.

Tudo isso em, atenção, 24 dias. A última, se não estou desatualizado, foi segunda-feira, em Boston, sob vento, chuva, frio, canivete e orações xintoístas.

Nilsão em Boston, a 14ª mara em 24 dias

E é claro que ele corre os 42K da prova que leva seu nome, domingo.

Tudo isso para dizer que essa semana, chamada no jargão de “semana de polimento”, teve ação por parte do editor deste pasquim aqui em Sampa. Foram uns 40, talvez 45K acumulados em quatro corridas, além daquele funcional esperto na terça-feira.

Refuguei na natação, usando a maratona de domingo como álibi ruim para não encarar a piscina fria.

Há dois anos, às vésperas da minha segunda mara, aquela que significou meu “personal best” de 3:34 (Waal, waal, waal), Sérgio “Treinador” Xavier sugeriu a  comedida preparação abaixo. Eu,  evidentemente, ignorei:

Segunda: 40′ leve
Terça off
Quarta 30′ leve com 5(1′ forte, 1′ fraco)
Quinta off
Sexta 20′ leve
Sábado off
Domingo DIA M

Fico pensando o que o Nilson diria disso.

POLIMENTO PARA MARATONA, UMA CARTILHA

NILSON LIMA, O COLECIONADOR DE MARATONAS

MARATONA, O FETICHE

ATLETA E TREINADOR

3:46:31, VIVACE

A PRIMEIRA MARATONA A GENTE NÃO ESQUECE

PLANILHAS COMPARADAS

UMA PLANILHA PARA COMEÇAR A CORRER, POR WANDERLEI OLIVEIRA

INDEPENDÊNCIA OU PLANILHA?

MARATONA: CRETINICE FISIOLÓGICA

GLOSSÁRIO CORREDOR – OS 30 PRIMEIROS VERBETES

 

 

/ 828 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 6, com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Um Comentários

  1. Nilson Lima

    Bacana Paulo, estamos juntos afiados c/ o “dever de casa” feito..!!! Agora é carimbar a 6a e continuar fazendo história..!!! É bom que saibam que vc têm Uphill..!!!!

    Responder

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.