É tudo de bom o festival Viver Bem

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , ,

É MUITA COISA BOA JUNTA. A Corrida Viver Bem, cujas provas de 5K e 10K movimentam Salvador amanhã, é apenas uma das atrações do festival Viver Bem, evento que chega à sua segunda edição e integra as comemorações pelos dez anos do Salvador Shopping.

A festa começa sempre às 16h, no estacionamento externo do piso L1, com música, gastronomia, atrações infantis e diversão para toda a família.

Para divertir as crianças, o evento conta com apresentações de Tio Paulinho, Turma do Dan e o personagem Bob Zoom. Dentre as atrações musicais voltadas para o público adulto, figurões como Moraes Moreira (hoje) e Luiz Caldas (amanhã), além de Anna & Saulo, Samprime, Bailinho de Quinta e Confraria da Música.

E, durante todos os dias de festival, food trucks com ótimas opções de comida rápida e variada.

IMPACTO AMBIENTAL

Em linha com as melhores práticas sócio-ambientais, o festival Viver Bem tem sua emissão de carbono neutralizada. A entidade Neutralize Carbono, certificada pela ONU, é a responsável pela ação.

CORRIDA VIVER BEM

Todos os mais de mil atletas amadores e profissionais que participam da Corrida Viver Bem, neste domingo, às 7h, têm uma motivação extra para concluí-la. Trata-se da prova com melhor infraestrutura de Salvador, com estacionamento dentro do shopping (sem cobrança de taxa extra), guarda-volumes, segurança e banheiros climatizados.

Os jornalistas, como na edição anterior, são recebidos na tenda JORNALISTAS QUE CORREM, site que apoia o evento, e então passam a disputar uma divertida competição paralela – aqui não basta ser ligeiro para não atrasar o fechamento, é preciso ser rápido com as pernas e com o “cárdio”.

Mais de 30 profissionais de todos os setores da imprensa baiana correm nas provas de 5K e 10K neste domingo.

Mais informações em www.salvadorshopping.com.br

/ 837 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 6, com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.