A pulseira cardíaca da Samsung

Paulo Vieira

O ANÚNCIO FEITO PELA APPLE esta semana de que a nova edição de seu Apple Watch vai contar com um GPS embutido nele deve animar os corredores applemaníacos, uma vez que não será mais preciso carregar o iPhone junto para fazer funcionar o dispositivo.

É um incremento mais do que  bem-vindo, dado que pegar uma chuva com o iPhone ou mesmo transpirar demasiado pode ter sérias consequências para o bolso.

Este JQC, jacobino de primeira hora da corrida primitiva, apóstolo sem mais aquela do usufruto do cascalho sem lenço nem documento, é useiro e vezeiro em advertir que lugar de smartphone é em casa ou alhures, desde que bem longe das zonas altas de frequência cardíaca.

Como quer demonstrar, por exemplo, o link abaixo.

ONZE RAZÕES PARA DEIXAR O SMARTPHONE EM CASA

Mas, para variar, faça o que eu digo mas não faça o que eu faço: eu mesmo já me vi ganhando a amplidão agorafóbica da avenida da Raia com a treta na mão esquerda, os dedos correndo nervosos e quase lúbricos na tentativa vã de baixar mais um e-mail.

********************

Faço essa introdução para dizer que passei duas semanas com a pulseira cardíaca Gear Fit2 da Samsung, que me foi apresentada em evento habilmente urdido em São Paulo e que contou com a presença de personalidades do esporte como Fabiana Beltrame e Robson Caetano.

Na ocasião, como você vê abaixo, Caetano disse que os brasileiros precisariam “virar uma chave mental” se quisessem vencer nas Olimpíadas.

ROBSON CAETANO FALA AO JQC

JQC NA RIO 2016

BRADICARDIA, EU TE AMO

INVESTIGADOR VICENTE VILARDAGA E OS COLEGAS DA CORRIDA PRIMITIVA

NIKE FUELBAND X FLEX

Pude então testar o aparelho que, apesar de charmoso e perfeitamente discreto, me parece de baixíssimo custo/benefício, uma vez que demanda, no Brasil, cerca de 1300 michéis, muito mais do que os 170 obamas pedidos pelo mesmo objeto nos Esteites.

O Gear Fit2, leve e discreto, mas uma caixa de bacalhau para o bolso
O Gear Fit2, leve e discreto, mas uma caixa de bacalhau para o bolso/Foto: Divulgação Samsung

É legal saber que ele é à prova d’água, tem GPS, monitor cardíaco e que monitora seu sono; também agrada constatar que, sem você apertar qualquer botão, o Gear Fit2 pode identificar a atividade que você pratica: corrida, pedal, caminhada e outras paradas.

O aparelho também é muito amigável, com pulseira confortável e levíssima (28 a 30 gramas) em dois tamanhos e lindo mostrador com números legíveis até para o mais retinto hipermétrope.

Fiquei muito feliz com a constatação de que minha bradicardia vai muito bem, obrigado, mas monitorar minha atividade cardíaca com frequência não é de fato motivação suficiente para desembolsar esse pixo todo.

******************************

A bem do que a língua inglesa chama de “disclosure”, devo dizer aqui que, antes mesmo de ter de devolver o Gear Fit2 de teste para a fabricante, a Samsung me presenteou com outra pulseira.

Mas se a primeira trabalhou bem, esta só pode conhecer o cascalho uma única vez: por alguma limitação técnica, o carregador não anda cumprindo sua função.

 

 

Tagged: , , , , , , , ,

/ 658 Artigos

Paulo Vieira

Paulo Vieira corre pelas ruas de São Paulo desde os 15 anos e pelo mundo desde os 32, quando passou uma temporada em Londres. Adora correr em estradas rurais, descobrir novos caminhos e ir e voltar do Pico do Jaraguá. Mas agora anda frequentando também treinos no Parque Villa-Lobos às 7 da manhã com seu tênis minimalista - desde que a Lusa não jogue na véspera.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.