Surge um novo maratonista

Paulo Vieira

TENHO PARA MIM QUE, TIRANTE um amigo das antigas e o ex-presidente Lula, Cesar Candido dos Santos, o Cesinha, é a pessoa mais conciliadora que existe. Trabalhei dois ou três meses com ele na versão brasileira da revista Men’s Health, editora Arvorezinha ladeira abaixo, e jamais vi Cesinha, que alguns também chamam Cesão, apoquentar-se com o quer que fosse.

Razões até deveria ter, pois, com todos aqueles boxes, citações de milhões de pesquisas, legendas gordas, seções que não acabavam mais e textos que chegavam a seu micro quadrados, o trampo dele era duro e de responsa.

Antes da “MH”, ele passou pela revista de um grupo promotor de corridas de rua; e agora comanda o portal Sua Corrida, de um promotor rival, a Iguana Sports. Com uma carreira envolvida até o pescoço com a corrida de rua, é curioso que ele vá para sua primeira maratona apenas agora, aos 34 anos.

A planilha não aparece no quadro/Arquivo Pessoal
A planilha não aparece no quadro/Arquivo Pessoal

Cesinha alinha domingo para os 42K da São Paulo City Marathon, a nova maratona de São Paulo, organizada por seu empregador e com patrocínio de uma marca esportiva japonesa, a Asics.

Mas se é conciliador quando põe o sapato social, no cascalho a conversa é outra. Cesinha é completamente intransigente com a corrida: precisa de um objetivo para correr e SÓ corre, melhor dizendo, SÓ treina se tiver uma planilha a guiá-lo.

UMA PLANILHA PARA COMEÇAR A CORRER, POR WO

MINHA PRIMEIRA MARATONA, VIVACE

MINHA SEGUNDA MARATONA, HAIKAI

OS QUENIANOS DA PIZZA

MARATONA EM 3H34 É FÁCIL, QUERO VER CORRER CINCO HORAS

ATLETA E TREINADOR

INDEPENDÊNCIA OU PLANILHA

É o verdadeiro homem-planilha, superando, com muitas cabeças de vantagem, a Escola Pragmática Gaúcha do nosso querido Treinador.

Pedi a Cesinha que falasse como estão sendo estes dias de Tensão Pré-Maratona.

*******************

“Desde que entrei para o mundo da corrida, em 2008, escuto que a parte mais difícil de uma maratona é o treinamento. Não sei se é verdade, mas achei a preparação bem tranquila.

Claro, sempre há aquele treino mais duro, que faz doer as pernas por dois ou três dias, mas nada muito diferente do que senti treinando para os primeiros 10K, 15K ou para a meia.

Se o treino para a maratona é mais duro do que a própria maratona, tenho certeza que estou 100% para a prova. Mas, por mais que esteja bem preparado, fica a dúvida: será que meu corpo vai aguentar mesmo correr 42K?

O treino mais longo que fiz foi de 33K. Tudo que acontecerá daí até a linha de chegada é incerto. A única certeza é que será uma experiência incrível.”

Veja abaixo o incrível vídeo, feito com câmeras aéreas e o diabo, do percurso.

Tagged: , , , , , , , ,

/ 712 Artigos

Paulo Vieira

Paulo Vieira corre pelas ruas de São Paulo desde os 15 anos e pelo mundo desde os 32, quando passou uma temporada em Londres. Adora correr em estradas rurais, descobrir novos caminhos e ir e voltar do Pico do Jaraguá. Mas agora anda frequentando também treinos no Parque Villa-Lobos às 7 da manhã com seu tênis minimalista - desde que a Lusa não jogue na véspera.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.