Corrida sem impacto

Paulo Vieira

De cara, lembra um transport, equipamento em que jamais pus os pés – não por preconceito, apenas por ter convivido quase nada com academias.

Também parece com uma esteira, afinal a máquina foi feita para que você corra sem precisar sair do cafofo. Mas a Zero Runner é  algumas grandezas mais divertida que uma esteira. Na verdade, é bem diferente. Em primeiro lugar, quem impulsiona a máquina é você, não aquilo que sai da tomada.

ESTEIRA É PARA VOCÊ?

DICAS PARA CORRER NA ESTEIRA

A BICICLETA QUE É ESTEIRA

E só isso já seria suficiente para você pensar seriamente em comprar a Zero Runner, a despeito dos R$ 21 990 exigidos no desembolso – nos EUA, onde foi criada pela empresa Octane, é mais em conta: 2,7 mil obamas. A máquina é totalmente movida a tração humana, e nela você é capaz de atingir seu ritmo de corrida e ficar ali o tempo que quiser.

O equipamento simula o movimento da corrida, mas sem o impacto que leva tanta gente a se lesionar e, no limite, abandonar o cascalho.

Por isso a Zero Runner é muito indicada para os que têm sobrepeso e normalmente ficam mais vulneráveis às lesões de impacto.

E para quem se lesionou e não aguenta ficar longe da corrida, a Zero Runner é a panaceia: você pode voltar antes aos treinos em casa e encarar o cascalho já não tão fora de forma.

A VOLTA AO CASCALHO APÓS 58 DIAS DE SECA

JQC TESTA KANGOO JUMPS, A BOTA ANTI-IMPACTO

Eu testei o produto. Corri por 3K em uma Zero Runner no showroom do representante exclusivo da Octane no Brasil, bem ao lado do parque Ibirapuera.

De início é um pouco difícil se adaptar ao movimento, mas é algo que rapidamente se resolve, basta fazer transferências de peso de uma perna a outra. Depois, vai que é uma beleza.

Há um aplicativo que, conectado por bluetooth, propõe exercícios funcionais que podem ser feitos ao pé da máquina. E um gráfico que acompanha a altura da perna durante os movimentos e a compara com a passada mais eficaz de corrida.

Segundo o gráfico, eu levanto muito menos a perna esquerda do que poderia – e deveria. Por isso, na corrida matutina de domingo por Alto de Pinheiros e USP, três dias depois, procurei já por em prática a recomendação de meu professor cibernético.

**********************

Veja aqui ou no canal JQC no You Tube alguns exercícios educativos de corrida que o professor Darlan Duarte propõe para melhorar sua atividade enquanto você medita se vale mesmo a pena investir 22 paus na Zero Runner.

 

 

Tagged: , , , , , ,

/ 633 Artigos

Paulo Vieira

Paulo Vieira corre pelas ruas de São Paulo desde os 15 anos e pelo mundo desde os 32, quando passou uma temporada em Londres. Adora correr em estradas rurais, descobrir novos caminhos e ir e voltar do Pico do Jaraguá. Mas agora anda frequentando também treinos no Parque Villa-Lobos às 7 da manhã com seu tênis minimalista - desde que a Lusa não jogue na véspera.

1 Comentário

Trackbacks & Pingbacks

  1. Amo Correr | Só quem corre sabe! Glossário para iniciantes da corrida

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.