Trilha sonora para corrida, por Lucio Ribeiro

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , ,

Fanático nível Estado Islâmico pelo Palmeiras, criador de bordões que ficaram famosos em bocas alheias como “Turma do Amendoim”, o paulistano da Penha Lucio Ribeiro já se movimentou mais nos campos de society da Barra Funda. Agora joga mais plantado – é “referência”, para usar a nova tradução de banheira.

Mas o tempo está curto para o pitch. Editor do site próprio Popload, também responsável pela editoria de cultura da Harper’s Bazaar Brasil, inventou de virar empresário – de sucesso. Mensalmente (ou quase), realiza os Popload Gig, shows internacionais com sujeitos com certa quilometragem no rock.

Como Iggy Pop, que vem aí daqui a alguns dias.

Pedi para o parça uma playlist pop/rock de corrida. Ele começou se justificando.

Tigueis, seguinte. Sou ruim para pensar em músicas para correr, músicas para transar e músicas para levar para uma ilha e tal. Mas se posso contribuir, diria que, quando eu fazia esteira no meu prédio, experimentei uma vez a trilha sonora de 45:33 que o gênio James Murphy (músico, produtor e trilheiro de Nova York, ex-chefe do seminal LCD Soundsystem, uma das bandas recentes da minha vida) fez para a Nike, exatamente para isso. Para correr.

Ficou tão foda que acabaram lançando oficialmente em vinil.

Daí eu fui experimentar correr com ela e magicamente amei a trilha na função.

Ela está aqui.

No mais, a música que mais me evoca uma corrida, ainda que de carro, é Roadrunner, do maravilhoso Modern Lovers, dos anos 70.”


Mais playlists do JQC

Volume 5

Volume 4 

Volume 3

Volume 2

Volume 1

Pra fechar, um clássico do Iggy dos primórdios.

 

 

 

/ 817 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 6, com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.