Em forma com Camila Hirsch

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Ela comanda o Band News em forma, programa semanal da Band News FM que é ouvido em rede em diversas capitais do Brasil. Camila Hirsch já nadou, correu, dançou balé, fez ginástica funcional quando a expressão era desconhecida no Brasil e correu uma maratona “para” 3:32:09 – ela queria um sub 3:30, como meio mundo da performance.

Hoje leva a boa palavra endorfínica para os ouvintes da Band e para seus alunos da academia Personal Life, de São Paulo.

RICARDO CAPRIOTTI, ARAUTO DA CORRIDA DE RUA

Quando a corrida mandava (mais) em sua vida, Camila tinha um sonho: correr dez maratonas internacionais em dez anos. Uma lesão similar à que ceifou a carreira do tenista Guga Kuerten, no entanto, mudou o cenário.

Voa, neném
Voa, neném

Foram várias semanas, meses, sem pôr o pé no chão, até ela se convencer que os três 42K que já tinha atropelado estavam de bom tamanho.

COISAS QUE VOCÊ NÃO DEVE DIZER A UM CORREDOR LESIONADO

58 DIAS DE SECA, SEM CORRER

Camila é capa da edição da revista Sport Life que está nas bancas, perfil escrito por moi-même. No vídeo abaixo, a educadora física, comunicadora e atleta forever e este jornalista que corre jogam conversa fora.

SPORT LIFE, O SITE

CLAYTON CONSERVANI, ULTRAMARATONISTA EXTREMO E PAI DE FAMÍLIA

A charla foi registrada a golpes de iPad no adro sagrado do Paulo Machado de Carvalho, o para sempre moderno estádio do Pacaembu, em São Paulo.

A câmera é da inquieta Amanda Preto e a edição de Van Fernandes, que deve ter considerado minha última pergunta um grande achado retórico e jornalístico, tanto que ela nem se dá o trabalho de interrompê-la num doce fade out. É na porrada mesmo.

/ 869 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 6, com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.