163 dicas para correr melhor (ou correr, ponto)

Paulo Vieira

Nunca montei cidades com palitos de fósforo, mas já participei de um 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, no Bixiga. Na época o famoso Armandinho era vivo e ficou uma arara quando nego atacou o bolo pantagruélico, a grande atração da festa, antes da hora.

Quando deu meio-dia, o horário marcado para o primeiro “corte”, Inês era morta.

Esta lembrança me pareceu boa o suficiente para dizer que meu projeto megalomaníaco para este JQC é fazer uma lista de todas as listas sobre corrida já publicadas e por publicar.

Sim, é mais fácil paulista esperar pela hora de comer o bolo em 25 de janeiro.

Como velocidade inicial, publico abaixo 163 dicas, a íntegra de algumas das dezenas de listas – úteis, polêmicas ou frívolas – adrede eternizadas por este pasquim.

163

Esteja muito à vontade para coletivizar este delírio. Envie sua contribuição à lista das listas pelo jornalistasquecorrem@gmail.com, por meio de nossas mídias sociais ou pelo zapzap da redação, que vamos estar a providenciar.

51 coisas que a corrida faz por você

18 aforismos sobre corrida

13 filmes inspiradores para quem pretende começar a correr

10 dicas para correr no calor

10 mandamentos sagrados da corrida

11 razões para não levar seu smartphone ao treino

10 melhores dicas que aprendi com o nutricionista

21 perguntas que vão ajudá-lo a descobrir que tipo de corredor você é

3 posts em que falo do que falo quando não falo com Murakami 

3 livros sobre corrida

8 princípios inamovíveis do JQC (que se moveram um pouquinho à medida que seu capitão foi ficando menos Cunha & Bolaño e mais Sergio Xavier)

5 playlists (com umas boas 50 faixas no total) para você correr (isto é: desde que você desconsidere o tópico 11 razões para não levar seu smartphone ao treino, citado acima)

Bônus track: 81 citações de Gesu Bambino e Gui “Nosso Heroi” Cavallari

 

 

 

 

Tagged: , , , , , , ,

/ 759 Artigos

Paulo Vieira

Paulo Vieira corre pelas ruas de São Paulo desde os 15 anos e pelo mundo desde os 32, quando passou uma temporada em Londres. Adora correr em estradas rurais, descobrir novos caminhos e ir e voltar do Pico do Jaraguá. Mas agora anda frequentando também treinos no Parque Villa-Lobos às 7 da manhã com seu tênis minimalista - desde que a Lusa não jogue na véspera.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.