Serra do Japi

Paulo Vieira

Tag: , , , , , ,

Ando em falta com meu circuito semi-urbano preferido, o do Pico do Jaraguá, o ponto mais alto da capital paulista, cujo trajeto você pode conhecer aqui, neste histórico filme do canal JQC do Youtube.

Tenho preferido  correr pelo Centrão aos fins de semana, domingo mormente, viadutos do Chá e Santa Ifigênia, esquina da Ipiranga com São João e homeless incluídos, como já falei aqui.

Mas há ainda um outro circuito próximo de São Paulo que é famoso entre corredores e bikers, onde estive duas vezes recentemente, uma delas a convite da empresa de acessórios esportivos Oakley: a Serra do Japi, no caminho de Jundiaí.

Corredores assumem bikes na Serra do Japi/Foto: Oakley
Corredores assumem bikes na Serra do Japi/Foto: Oakley

Não há cerrado ali, como em sua supreendente vizinhança, mas a velha e boa Mata Atlântica. Muita gente toma como ponto de partida o restaurante Japiapé, que serve bufês de café da manhã e almoço. Apenas 1K e você já sai do asfalto e entra numa estrada de chão rumo ao bairro de Santa Clara, próximo da entrada do Parque Estadual da Serra do Japi.

Japi/Foto: Oakley
Japi/Foto: Oakley

Dá para fazer um circuito bastante cumpridor, de cerca de 8K, com boas subidas e descidas, se você virar na primeira estrada à esquerda após o pórtico (que, construção inconclusa, como na música, já virou ruína).  Daí é só se manter na estrada até a encruzilhada, onde há uma espécie de macumbódromo. Tomando à direita, segue-se no rumo do asfalto e do ponto de partida.

JQC marca presença no Japi/Foto: Oakley
JQC marca presença no Japi/Foto: Oakley

 

Passam poucos carros ali, mas convém tomar cuidado com as bikes, especialmente nas descidas.

 

 

/ 807 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com as quatro nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 6, com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).