5 motivos para correr em Londres

Julia Zanolli

A terra da rainha tem fama de ser cinza, chuvosa e coxinha, mas o universo da corrida em Londres é o oposto disso. Passei uma semana de férias por lá e vi muita, mas muita gente correndo.

Confira abaixo cinco motivos para colocar o tênis na mala e ir para Londres – em breve sai a parte II, com dicas de lugares legais para treinar na cidade.

A maratona inglesa passa por pontos imperdíveis da cidade

1. Boas opções para diferentes tipos de treinos
Às vezes parece meio inacreditável que na maior cidade do Brasil seja tão difícil achar um bom trajeto para fazer longão. O companheiro Paulo Vieira investe no circuito Pico do Jaraguá, mas a maioria dos paulistanos aposta na boa e velha USP para garantir treinos de rodagem. Pois Londres tem opção pra treino longo, curto, subida, descida, plano, trilha, grama, asfalto…. Às vezes até dentro de um mesmo parque.

2. Parques, muitos parques
A cidade está cheia de áreas verdes, praças e jardins. São oito opções somente entre os parques reais (que antes eram áreas de propriedade da realeza), entre eles o famoso Hyde Park.

3. Estrutura de cidade olímpica
Além dos estádios e equipamentos de atletismo, também foram feitas melhorias na mobilidade e integração urbana para os Jogos Olímpicos de 2012, facilitando a vida dos corredores e ciclistas.

4. Tem uma das mais importantes maratonas do mundo
A maratona londrina faz parte das Marathon Majors, as seis principais provas de 42 K do planeta: Londres, Berlin, Nova York, Chicago, Boston e Tóquio. São mais de 35 mil atletas em um percurso inspirador.

5. O transporte é caro pra c@c&t*
Não é à toa que muita gente usa a corrida como meio de transporte para ir e voltar do trabalho na capital inglesa. Faz bem pra saúde, pro planeta e pro bolso, já que o tal Oyster (bilhete de transporte da cidade) consome uma pequena fortuna. A tarifa para uma viagem curta no centro, por exemplo, sai em média  £ 2,30, ou cerca de  R$ 11 . O jeito é calçar o tênis e curtir a cidade correndo.

 

 

Tagged: , , , , , ,

/ 219 Artigos

Julia Zanolli

Julia Zanolli começou a correr em nome do bom jornalismo quando foi trabalhar na revista Runner’s World sem entender nada do assunto. A obrigação virou curtição, mesmo depois de sair da revista. Se livrou do carro para poder andar a pé pela cidade, mas é fã assumida de esteira. Prefere falar de comida do que de nutrição e acha que ter tempo é muito melhor do que matá-lo.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.