Labuta

Paulo Vieira

Tag: , , , , , , , ,

Entrevistamos semana passada o jornalista Maurício Oliveira, autor do Manual do Frila, livro que disseca os prós e contras da modalidade a partir de sua própria experiência pessoal. Ele adotou esse regime de trabalho quando ele, o regime, ainda não era compulsório entre os jornalistas.

Eu faço hoje uma variação do assunto para mostrar algumas fotos da minha vida de repórter frila. Desde que deixei a Viagem e Turismo, após mais de uma década na casa, sigo fazendo reportagens de turismo, um dos “setores” de um cardápio variado que inclui entrevistas, perfis comportamentais e empresariais, entre outras paradas.

Insano Natural em Cumbuco/Paulo Vieira
1: Insano natural em Cumbuco/Paulo Vieira

As fotos jazem inéditas e assim permaneceriam se eu não desse a elas alguma publicidade. Não que, assim como o notável diálogo com o dr. Ulysses, fossem merecedoras de ganhar a posteridade. Mas ajudam a mostrar que repórter de viagem descansa carregando pedra.

Importante: em nome da manutenção dos bons costumes e principalmente da boa estética, hoje não tem nudismo.

Claro que boa parte dessas areias não tão escaldantes já conheceram meus pés chatos, sempre sedentos por umas jardas novas para fazer o que sabem.

1: O insano natural  de Cumbuco não perde em emoção para este daqui, um pouquinho mais famoso, em Aquiraz. Tá tudo lá no Ceará, pertinho de Fortaleza.

2: A Praia do Espelho vista do alto da falésia numa sexta-feira de final de verão é bonita, é bonita

3: Lugar que nenhum fortalezense recomenda ir, por conta da suposta violência, é a Praia do Titanzinho, onde está o singelo Farol do Mucuripe

4: Quadrado, Trancoso, Bahia

5: Laguna, Santa Catarina – a modelo cobrou barato

6: Andacollo, Chile, o céu mais limpo do mundo

7: Dudu e Gesu Bambino, lui-même, em Gonçalves, Mantiqueira mineira, em foto retocada com algum filtro que as minhas filhas conhecem

 

Farol do Mucuripe, no Titanzinho, a praia mais bonita de Fortaleza/Paulo Vieira
3: Farol do Mucuripe, Fortaleza/Paulo Vieira
Praia do Espelho/Paulo Vieira
2: Praia do Espelho/Paulo Vieira

 

Quadrado/Paulo Vieira
4: Quadrado/Paulo Vieira
Laguna/Arquivo Pessoal
5: Laguna/Arquivo Pessoal
Gonçalves/Arquivo Pessoal
7: Gonçalves/Arquivo Pessoal
Andacollo, Chile/Paulo Vieira
6: Andacollo, Chile/Paulo Vieira

/ 828 Posts

Paulo Vieira

Influenciado pelo velho “Guia completo da corrida”, do finado James Fixx, Paulo Vieira fez da calça jeans bermuda e começou a correr pela avenida Sumaré, em São Paulo, na adolescência, nos anos 1980. Mais tarde, após longo interregno, voltou com os quatro pés nos anos 2000, e agora coleciona maratonas – 6, com viés de alta – e distâncias menos auspiciosas. Prefere o cascalho de cada dia às provas de domingo e faz da corrida plataforma para voos metafísicos, muitos dos quais você encontra nestas páginas. Evoé.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.