Abrir mão da carne pode ser a maneira mais eficiente de perder peso

Julia Zanolli

Tem quem diga que o vegetarianismo é a solução para a crise da água. Outros afirmam que é impossível ser saudável sem comer nenhum tipo de carne. Mas um estudo publicado no periódico científico Nutrition indica que dietas vegetarianas ou veganas podem ser a melhor opção para quem quer perder peso.

Segundo a nutricionista Camila Abreu,  abrir mão da carne aumenta a ingestão de fibras, antioxidantes, fitoquímicos e ácido fólico por conta do aumento do consumo de cereais integrais, hortaliças, frutas, leguminosas, grãos e sementes. “Além disso, o consumo de gorduras saturadas e colesterol é reduzido, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares, diabetes, elevação de colesterol e triglicérides, hipertensão e obesidade”, explica.

Camila indica a pirâmide alimentar ideal para um vegetariano
Camila indica a pirâmide alimentar ideal para um vegetariano

A pesquisa mostrou que os participantes que aboliram o consumo de carne e produtos derivados de animais perderam duas vezes mais peso do que aqueles que adotaram uma alimentação onívora (sem restrições) ou parcialmente vegetariana (sem carne vermelha). 

Os vegetarianos e veganos podiam consumir pequenas porções de castanhas, abacate, sementes e azeitonas, mas foram encorajados a investir em alimentos com baixo teor de gorduras. Não havia restrição do número de calorias ingerido por dia e os participantes podiam comer até se sentirem satisfeitos. 

Depois de seis meses, o grupo dos veganos teve a perda de peso mais significativa, com 3,4 kg em média. Os vegetarianos, 2,9 kg. Quem consumiu carne emagreceu em média 1,4 kg. Não havia diferença entre os níveis de atividade física dos grupos. 

Contudo, segundo a nutricionista, não há evidências científicas de que comer carne faz mal à saúde. “O que sabemos é que o consumo excessivo da gordura presente na carne favorece risco maior para doenças cardiovasculares, mas a carne, sem a gordura aparente, é um gênero alimentar importante para o ser humano”.

Camila ressalta que se um atleta decide não consumir mais carne e adotar o vegetarianismo ou veganismo, o primeiro conselho é consultar um profissional da saúde. “Quem deve diagnosticar uma falta ou excesso de vitaminas e minerais é o médico. O nutricionista irá auxiliar na correção de hábitos inadequados de vida, trabalhando em prol de uma alimentação variada, colorida, saborosa e principalmente nutritiva.”

 

Tagged: , , , , , ,

/ 219 Artigos

Julia Zanolli

Julia Zanolli começou a correr em nome do bom jornalismo quando foi trabalhar na revista Runner’s World sem entender nada do assunto. A obrigação virou curtição, mesmo depois de sair da revista. Se livrou do carro para poder andar a pé pela cidade, mas é fã assumida de esteira. Prefere falar de comida do que de nutrição e acha que ter tempo é muito melhor do que matá-lo.

1 Comentário

  1. Linus

    A pesquisa não prova que ser vegano ajuda a perder peso. Ela prova que consumir menos gordura saturada ajuda a perder peso.
    É o clássico caso de se concluir o que se quer por mais que não seja verdade. Se pegassemos o grupo de onivoros e também restringíssemos o consumo de gordura saturada sem cortar a ingestão de carne de produtos de origem animal também haveria perda de peso.
    Outro ponto é que a proteína é uma das fontes mais importantes de energia na alimentação. Uma vez que essa é cortada reduz-se drasticamente a quantidade de energia ingerida (calorias).
    Ou seja o estudo prova que consumir menos calorias emagrece.
    O estudo deveria colocar os 3 grupos de controle em dietas controladas com a mesma quantidade de calorias e de gordura saturada e só remover a carne em um grupo e deixar o outro com uma dieta vegana.
    No final o estudo tem mais ruído do que resultado e se torna inconclusivo.

    Seria similar a fazer um estudo de com qual tenis eu corro mais rápido. Um pesado e verde e um leve e vermelho. E chegar a conclusão que com tênis vermelho eu corro mais rápido sem analisar a diferença de peso dos tênis, o meu nivel de descanso, hidratação, nutrição e etc. antes dos testes .

    Reply

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.