Pau de selfie

Paulo Vieira

Passei a última semana no Chile, entre cafés solúveis caros em Santiago e a beleza do deserto do Vale do Elqui, uma Serra da Cantareira a 2 mil metros de altura com a energia lisérgica do tempo dos Mutantes e a falta de água dos anos Alckmin.

E uvas, uvas e uvas por todo o lado.

Um ratito do que eu, Fernanda, Vitória e Dudu vivemos ali está neste post, que não custa novamente linkar, mas o que eu quero falar aqui é da mania do selfie, ou melhor dizendo, do pau de selfie, que grassa também bem ao sul do Trópico de Capricórnio.

Não é só o Felipe Zylber que está nessa, aparentemente.

E ao ver tanta gente no duty free ou em outros lugares comprando aquele aparato, lembrei deste vídeo abaixo, onde eu corro por umas boas duas horas com um pau de selfie improvisado.

Saiba como é ter uma Go Pro na ponta de uma haste de ferro por 20K, sendo os últimos 4,5K deles a mítica subida do Pico do Jaraguá.

Há cenas explícitas, x-rated, com o pau a partir do 1min e 40seg.

 

 

Tagged: , , , , , , , , , , ,

/ 759 Artigos

Paulo Vieira

Paulo Vieira corre pelas ruas de São Paulo desde os 15 anos e pelo mundo desde os 32, quando passou uma temporada em Londres. Adora correr em estradas rurais, descobrir novos caminhos e ir e voltar do Pico do Jaraguá. Mas agora anda frequentando também treinos no Parque Villa-Lobos às 7 da manhã com seu tênis minimalista - desde que a Lusa não jogue na véspera.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.