Como descobrir se você está na medida certa?

Julia Zanolli

Para determinar se uma pessoa está no peso ideal, a referência mais frequente é o Índice de Massa Corporal (IMC), ou seja: seu peso dividido pela altura ao quadrado. 

Confira a correspondência do IMC
Confira a correspondência do IMC

Mas muitos outros fatores devem entrar nessa conta, sobretudo no caso dos corredores. Como a massa muscular é mais pesada do que a gordura, você pode começar a se exercitar e ver o ponteiro da balança até aumentar. Portanto, o peso não é o único elemento a ser considerado.

Para saber quais são suas medidas ideais, o ideal é procurar um profissional que possa avaliar seu corpo, seu estado de saúde e seus objetivos.  Um deles, Paulo Correia, fisiologista do exercício e do esporte e ex-atleta olímpico, da Nutriativo, ajuda a entender todos os fatores que devem ser levados em conta para descobrir se você está em forma.   

Jornalistas que Correm Quais elementos são levados em conta na hora de definir o peso e as medidas ideais para cada pessoa?
Paulo Correia Questões como genética, sexo, etnia e idade influenciam muito. Outro fator importante é o objetivo de cada pessoa no esporte, se ela é sedentária ou se já se exercita.  Um exemplo: imagine um corredor de provas de fundo, um judoca e um frequentador de academia. Dependendo do nível esportivo destes indivíduos, teremos vários parâmetros.

JQC Por que o IMC não é a única coisa a ser considerada?
Correia  
Porque é uma referência genérica, longe de ser um parâmetro de saúde. O que vale é a composição corporal, considerando massa metabólica (órgãos e músculos) e massa extra-metabólica (ossos, ligamentos, tendões, alimento, fezes, água), que são componentes de baixo ou nenhum consumo de energia. Avalia-se também a massa gorda (gordura corporal total incluindo a gordura subcutânea e visceral). Aí sim você conhece o indivíduo por dentro.

JQC Existe algum diferencial no caso dos corredores?
Correia Claro. Os velocistas, corredores de provas de 100, 200 e 400 metros são muito fortes e têm uma massa muscular exacerbada. Já os fundistas têm uma resistência muscular bem treinada, o que os deixa com a musculatura bem menor e com pouca massa gorda. Dependendo do nível deste corredor poderemos encontrar atletas com 5% de gordura. Com este percentual de gordura, um corredor amador já está arriscando sua saúde.  

JQC Existe algum índice que represente um perigo maior para a saúde?
Correia Altos percentuais de gordura corporal indicam que há uma grande quantidade de gordura visceral (gorduras em vísceras, como fígado e coração), o que representa risco à saúde. No entanto, a magreza demasiada também é um grande fator de risco. 

 JQC Como um indivíduo pode saber se está na tal medida certa? 
Correia Um exame clínico de bioimpedância (mas não com balanças e equipamentos de segunda linha) é uma forma de saber e controlar sua composição corporal com boa exatidão.

 

Tagged: , , ,

/ 219 Artigos

Julia Zanolli

Julia Zanolli começou a correr em nome do bom jornalismo quando foi trabalhar na revista Runner’s World sem entender nada do assunto. A obrigação virou curtição, mesmo depois de sair da revista. Se livrou do carro para poder andar a pé pela cidade, mas é fã assumida de esteira. Prefere falar de comida do que de nutrição e acha que ter tempo é muito melhor do que matá-lo.

2 Comentários

  1. Isabel domingues

    Tenho 1.56 peso 56 k.66 cintura 100 quadril 105 bumbum e 85 busto

    Reply

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.