O desafio de entrar na medida

Paulo Vieira

Erich Beting já disse aqui, quando falamos do Circuito Time Run, que a corrida de rua é o esporte que mais cresce no Brasil. E que a corrida é a atividade física mais atraente para quem quer começar a se mexer, por sua simplicidade.

Se a maconha é porta para drogas mais pesadas, como reza o pensamento conservador, a corrida é porta para o esporte, para uma vida mais saudável. Mas essa analogia depositem na minha conta, não da do Erich, por favor.

Não surpreende, portanto, que jornais, revistas e emissoras de TV vivam a pensar em pautas que coloquem em cena um repórter acima do peso e/ou sedentário que passa então a suar para enfrentar uma corrida.

Algo que o Arthur Gama, repórter da TV Pajuçara, retransmissora da Record em Alagoas, está fazendo neste exato momento.

Além de treinar para o Circuito da Lua, um 6K na orla de Maceió – difícil, hem! -,  que acontece em 6 de setembro, ele pretende perder 5 dos seus 85 quilos e baixar o percentual de gordura em cinco pontos, para 17%.

Os telespectadores alagoanos do “Manhã em Movimento”, quadro no Jornal da Pajuçara Manhã, e os internautas de todo o mundo podem acompanhar a evolução física do rapaz diariamente.

Ele às vezes dá uns perdidos no treino, põe a culpa no trabalho e na vida corrida. Enfim, pavimenta o caminho para o próprio descaminho, como já vimos aqui.

Mas como tem esse compromisso profissional, ele vai perseverar.

Se vacilar, é só dar uma olhada nos 10 Mandamentos.

Mas ele, pelo jeito, está a se emendar. Olha o que ele diz:

Deviam pegar o cinegrafista, não o Arthur
Deviam pegar o cinegrafista, não o Arthur

Quando meu chefe chegou com essa sugestão de participar do Circuito da Lua, achei que era brincadeira. Depois, achei loucura. Depois, que realmente seria capaz. Eu nunca gostei de academia, mas caminhar na orla sempre me fez muito bem. Então eu decidi que iria topar o desafio e tentar correr os 6K.

Já foram duas semanas de treino, e isso tem me feito muito bem, me deixa bem disposto. Mas o que quero chamar a atenção aqui é que o “Manhã Em Movimento” está mostrando às pessoas que é possível se mexer.

O desafio pode parecer pequeno para quem corre há muito tempo, mas para um gordinho sedentário como eu é um longo caminho. Ontem, pela primeira vez, consegui chegar aos 6K correndo e, involuntariamente, dei um grito de alegria no meio da rua. É isso que a gente quer passar, que a corrida é estimulante, desafiadora e extremamente recompensadora quando a gente consegue.

Clique abaixo para ver a semana de treinamento do Arthur. E mande mensagens para ele no Facebook. Será que ele vai conseguir?

Confira a semana de treinos de Arthur Gama para o Circuito da Lua

Tagged: , , , , , , , , , ,

/ 745 Artigos

Paulo Vieira

Paulo Vieira corre pelas ruas de São Paulo desde os 15 anos e pelo mundo desde os 32, quando passou uma temporada em Londres. Adora correr em estradas rurais, descobrir novos caminhos e ir e voltar do Pico do Jaraguá. Mas agora anda frequentando também treinos no Parque Villa-Lobos às 7 da manhã com seu tênis minimalista - desde que a Lusa não jogue na véspera.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.