Os alimentos mais nutritivos do mundo

Julia Zanolli

Tag: , , ,

Quem criou a lista dos alimentos com maior densidade nutricional foi  Centro de Controle e Prevenção de Doenças americano. A responsável pela pesquisa é Jennifer Di Noia, doutora da William Patterson University de Nova Jersey, nos EUA. Ela se baseou em frutas e vegetais que mais fazem bem à saúde por reduzirem o risco de doenças crônicas.

A batata frita e o torresmo, por exemplo, certamente estariam no último lugar dessa lista.O oposto de densidade nutricional seriam as chamadas “calorias vazias”. Sabe aquelas corredores que são possuídos por um demônio da competitividade e resolvem fazer tempos mirabolantes e chegar a níveis de gordura corporal inferiores a 8%? (O normal para homens é de 12 a 15% e para mulheres, de 20 a 25%). Eles evitam justamente as calorias vazias, que não têm nenhum ou pouco valor nutricional, como o açúcar por exemplo. E se entopem de alimentos com ótima densidade nutricional, como listados nessa pesquisa.

Jennifer criou um índice a partir da porcentagem diária recomendada de diversos nutrientes, como  ferro, vitamina C, fibras e zinco. Essa conta evita que um alimento que seja rico em apenas um nutriente mas pobre em vários outros entre na lista. O melhor resultado é 100 e entraram para a lista alimentos com índices superiores a 10. O grande vencedor do índice de densidade nutricional foi o humilde agrião- confira os 10 primeiros colocados:

Agrião 100
Couve chinesa 91.99
Acelga 89.27
Beterraba 87.08
Espinafre 86.43
Chicória 73.36
Alface crespa 70.73
Salsinha 65.59
Alface romana 63.48
Couve 62.49
Nabo 62.12

Clique aqui para ver a lista completa.

/ 219 Posts

Julia Zanolli

Julia Zanolli começou a correr em nome do bom jornalismo quando foi trabalhar na revista Runner’s World sem entender nada do assunto. A obrigação virou curtição, mesmo depois de sair da revista. Se livrou do carro para poder andar a pé pela cidade, mas é fã assumida de esteira. Prefere falar de comida do que de nutrição e acha que ter tempo é muito melhor do que matá-lo.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado e os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.