#SomosTodosBanana

Julia Zanolli

O Daniel Alves já mandou uma banana para o preconceito.

daniel banana

Neymar também entrou na onda.

neymar

Várias celebridades foram atrás.

famosos banana

O Luciano Huck tentou capitalizar em cima e pegou mal.

kuck

E agora o JQC vai mostrar o real valor da banana: encher a barriga do corredor.

Conversamos com Lívia Hasegawa, nutricionista esportiva e clínica funcional, para desvendar os milagres nutricionais da fruta queridinha dos corredores. Segura essa, macaco.

Energia e força
“Ela tem alto teor de carboidratos, fundamentais para garantir energia ao atleta, por isso pode ser consumida antes do treino”, explica. A banana também é indicada depois da corrida como um carboidrato de recuperação muscular: “Nesse caso, ela pode ser associada a uma proteína, como um iogurte, por exemplo”, afirma Lívia.

Tchau, cãibra
Rica em potássio, que ajuda a controlar a pressão arterial, a banana é famosa por prevenir a cãibra. “Ela também evita esse problema por ser rica em carboidrato, que fornece energia para os músculos”.

Mais vitaminas e minerais
A banana também contém vitamina A, que faz bem para os olhos e o pulmão, fósforo, que protege as células e faz bem para a memória e vitaminas do completo B, importante para a produção de energia do organismo.

Então, querido torcedor do Villarreal, da próxima vez não jogue banana nos coleguinhas. Coma ela e vá correr, vai ser bem mais proveitoso.

Tagged: , , , , ,

/ 219 Artigos

Julia Zanolli

Julia Zanolli começou a correr em nome do bom jornalismo quando foi trabalhar na revista Runner’s World sem entender nada do assunto. A obrigação virou curtição, mesmo depois de sair da revista. Se livrou do carro para poder andar a pé pela cidade, mas é fã assumida de esteira. Prefere falar de comida do que de nutrição e acha que ter tempo é muito melhor do que matá-lo.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.