Qual é a cor do seu xixi?

Julia Zanolli

“Perdido por um, perdido por mil” é um dos meus ditados preferidos na hora de apavorar. Já comi doze brigadeiros, dane-se, vou partir para o bolo. Bebi até agora, já era, pede mais uma…

Desconfio que aquela história de que é preciso beber dois litros de água tem mais ou menos o mesmo efeito. Parece tão impossível chegar lá que muita gente entrega os pontos e passa o dia inteiro sem tomar nenhum copo de água. De fato, DOIS LITROS intimida.

A quantidade certa de água varia muito de pessoa para pessoa – fatores como sexo, idade e clima interferem muito nessa conta. Mas a verdade é que muita gente se hidrata menos do que deveria porque não sabe bem quanto líquido realmente precisa ingerir. “Estar atento a isso é fundamental para evitar problemas como desidratação, formação de cálculos renais e/ou infecções do trato urinário”, afirma a nutricionista Camila Abreu.

A boa notícia é que dá para saber quanta agua você precisa beber só de olhar para o seu xixi. Sim, dê uma boa olhada para ele antes de dar a descarga. Quanto mais clarinho, melhor. “Se a urina for muito escura é sinal de que você precisa beber mais líquidos”, afirma. Quem se confundir nas tonalidades do amarelo pode ter uma referencia nessa tabela:

50 tons de amarelo
50 tons de amarelo

Outros sinais de desidratação incluem a boca seca, diminuição da salivação, tonturas, taquicardia e perda da elasticidade da pele. No caso da corrida, esse cuidado é ainda mais importante por causa da perda de líquidos causada pelo suor. “Portanto, não espere a sede chegar, beba pequenas quantidades a cada 20 ou 30 minutos de exercício”, diz Camila.

(Ou seja, não faça como o Paulo em seus longões)

Também tem outro truque caseiro para saber a dose certa de líquido que você deve tomar durante o treino: use a balança. Pese-se sem roupa antes de correr, não beba nada durante o treino e suba na balança quando voltar, também sem roupa. Se estiver 500 g mais leve, por exemplo, essa é a quantidade de líquido que você deve beber ao longo da corrida. Se fizer xixi no meio do processo a conta não vai ser tão precisa.

Confira algumas sugestões para quem tem dificuldade de ingerir a quantidade necessária de água ao longo do dia. Vale lembrar que outras bebidas e alimentos também ajudam a fechar a conta.

  • Toda vez que alguém perguntar “aceita uma água?”, aceite
  • Coloque uma garrafinha na mesa e tenha como meta terminá-la até a hora do almoço (ou o fim do dia, início de uma reunião…). Tenha metas #MaxGehringer
  • Tome um copo de água cada vez que for ao banheiro
  • Se for de chá gelado, de preferência natural (faça em casa e coloque na geladeira, alguns enlatados contém bastante sódio)
  • Suco de fruta liberado (evite usar açúcar)
  • Valem, claro, frutas ricas em água, como melancia e morango

Tagged: , , , , , , ,

/ 219 Artigos

Julia Zanolli

Julia Zanolli começou a correr em nome do bom jornalismo quando foi trabalhar na revista Runner’s World sem entender nada do assunto. A obrigação virou curtição, mesmo depois de sair da revista. Se livrou do carro para poder andar a pé pela cidade, mas é fã assumida de esteira. Prefere falar de comida do que de nutrição e acha que ter tempo é muito melhor do que matá-lo.

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.